Retenção de Talentos: o que é e como reter talentos nas organizações?

A retenção de talentos é um conjunto de estratégias, políticas e práticas que as empresas adotam para manter seus colaboradores engajados com os objetivos da empresa.


Com um mercado cada dia mais competitivo, ter os melhores profissionais é um fator determinante para que as empresas tenham um bom desempenho e se mantenham relevantes no mercado.

A contratação de um colaborador competente é apenas o primeiro passo de um processo contínuo de motivação e retenção deste talento. Por isso, é necessário elaborar planos de ação que valorizem o capital humano, o principal ativo da empresa.


No entanto, a retenção de talentos é um dos principais desafios do RH atualmente. Manter os funcionários motivados exige planejamento estratégico com ações pontuais que vão muito além de um bom conjunto de benefícios.


Por que o talento é importante?


Empresas são feitas por pessoas. Então é natural supor que se o time da sua empresa é formado por pessoas engajadas, alinhadas aos valores da empresa e que apresentam alta performance, a sua empresa vai crescer.

São estes talentos que levarão os resultados da organização a um novo patamar. Por isso, a retenção de funcionários deste nível é fundamental.


O que é retenção de talentos?


A retenção de talentos pode ser descrita como um conjunto de estratégias, políticas e práticas que as empresas costumam adotar para manter seus colaboradores por mais tempo na empresa. Inúmeros métodos são utilizados nessa busca incessante para segurar na empresa os colaboradores mais talentosos e que precisam ser lapidados e estimulados constantemente.

Em um mercado que está cada vez mais competitivo, dar importância na retenção de talentos é o fator fundamental para que as empresas conquistem resultados satisfatórios.


Qual a importância da retenção de talentos nas organizações?


A retenção de talentos na empresa deve ser vista como um diferencial competitivo.


As empresas vivem em uma verdadeira guerra pelo talento. Conseguir encontrar um conjunto de habilidades específicos tem se tornado cada vez mais difícil.

Além do conhecimento técnico, o funcionário precisa ter um perfil comportamental alinhado às expectativas da organização. E fazer isso em um cenário cada vez mais disputado exige uma boa estratégia.


Reter talentos ajuda a organização a ter sucesso e estabelecer uma forte presença no mercado. E manter funcionários engajados trazem bons resultados e isso significa mais lucratividade e durabilidade para a empresa.


Quais os benefícios em reter funcionários nas empresas?


Não compreender todas as vantagens que a retenção de colaboradores eficientes traz para a empresa, pode ser um tiro no pé. Perder talentos, além de ter um alto custo para a empresa, gera perda de conhecimento e experiência do funcionário que está indo embora.


Veja a seguir os principais benefícios em reter funcionários nas empresas:

  1. Ambiente de trabalho mais agradável;

  2. Foco no engajamento e produtividade;

  3. Mais economia para a empresa;

  4. Atração de novos talentos;

  5. Vantagem competitiva.

O que motiva os talentos?


O excelente resultado de uma empresa e o alto nível de satisfação dos colaboradores são fatores que estão interligados. Portanto, manter a motivação e o engajamento do funcionário é crucial.

O que motiva um talento a “querer fazer” e dar o seu melhor pode variar de pessoa para pessoa. Mas existem alguns elementos-chave nesta equação, como por exemplo:

  • Lideranças inspiradoras;

  • Boa comunicação;

  • Expectativas de crescimento;

  • Segurança e estabilidade no trabalho;

  • Metas e desafios;

  • Reconhecimento pessoal e financeiro.

Estes são apenas alguns dos fatores que irão encorajar o profissional a se aperfeiçoar continuamente para atingir os objetivos traçados pela organização.


A importância na retenção de talentos transforma o mercado


O mercado empresarial está cada vez mais competitivo. Gestores vem se especializando a cada dia para conseguir interpretar e atender as necessidades dos seus colaboradores.


Nada é mais importante na retenção de talentos do que conhecer profundamente os próprios colaboradores, mensurando seus pontos fortes e fracos e principalmente investindo em capacitações profissionais que os tornem melhores e mais preparados para enfrentar os desafios.


Afinal, o colaborador é a peça-chave para que sua empresa caminhe na busca incessante por resultados.

Se o seu funcionário caminha junto com a equipe, engajado, o árduo processo na conquista por grandes objetivos se torna mais eficaz.


Mas qual a importância na retenção de talentos dentro desse universo de luta pelos melhores profissionais? Total!


As empresas que conseguem manter seus colaboradores por mais tempo, dedicados e dispostos a desempenharem um papel de destaque dentro da empresa, saem na frente.


Dia a dia fica mais claro que líderes de recursos humanos e gestores de equipe precisam se reinventar com novas metodologias, técnicas e táticas para conseguir manter um colaborador engajado.

E a peça-chave para conquistar esse sonho de reter talentos está principalmente no conhecer o que você tem em mãos.


Saber quais as forças e fraquezas do seu colaborador é um grande passo para entender suas necessidades e principalmente conseguir mantê-lo motivado, independente das situações que se apresentam.


Reter um talento no mercado atual é como ganhar na loteria. É conseguir manter-se a frente na incessante corrida por resultados satisfatórios.