Colorimetria: como descobrir a cartela de cores ideal para roupas, maquiagem e cabelo

Você já ouviu falar em colorimetria pessoal? Ela nada mais é do que um estudo científico, uma análise de cores para descobrir e apontar os melhores tons e cores para valorizar e destacar a sua beleza natural. Sabe aqueles momentos em que você experimenta uma roupa e pensa “essa cor me deixou apagada” ou então “esse tom destacou a minha pele”? Pois, sem saber, você está em contato com cores que fazem ou não parte da sua cartela de cores. E saiba que isso se aplica tanto para roupas, como para acessórios, maquiagens e até mesmo a tintura do cabelo.



A colorimetria é um longo estudo, que considera diversas divisões e subcategorias de cores. Os consultores de estilo e imagem, profissionais especializados, cada vez mais dominam essa técnica e podem te ajudar a ir mais a fundo na sua análise de cores. O primeiro passo é conhecer a tonalidade da sua pele, pois assim é possível observar como as cores vão se comportar com você, valorizando ou não a sua beleza. Mas será que você sabe mesmo qual a tonalidade da sua pele? E qual é a sua cartela de cores?


Abaixo algumas dicas para tentar descobrir:


Quais são os tons de pele?


Os tons de pele são divididos em quentes, frios ou neutros. Isso não significa, necessariamente, que uma pele mais escura seja um tom quente ou que uma pele clara tenha um tom frio. Uma maneira de descobrir o seu tom de pele é observar a cor das suas veias:

  • Veias esverdeadas ou amareladas: pele quente

  • Veias azuladas ou puxando para o roxo: pele fria

  • Diferente coloração em diferentes partes do corpo: neutra


As peles quentes, podem ser escuras ou claras, tem tons amarelados, dourados ou alaranjados e tendem a se bronzear com mais facilidade.


Já as frias, são peles claras com tons rosados, roxeados ou azul claro e escuras com tons de verde-oliva ou outras variedades do azul, que costumam a se queimar mais facilmente no sol, ficando com a vermelhadas.


Por fim, as peles neutras, que podem ser brancas ou negras, não se queimam ou bronzeiam facilmente quando expostas ao sol.


Quais cores usar para realçar o tom de pele?


Nossa pele costuma combinar mais com cores que já fazem parte da sua composição, por isso ao descobrir a sua tonalidade, de acordo com os parâmetros acima, conseguimos acertar melhor na escolha do que usamos e compramos. Sendo assim:

  • A melhor aposta para pessoas com tom de pele quente é investir em peças e cores vermelhas, laranja, amarelo e douradas;

  • Para quem tem a pele fria, o azul, o verde, o roxo, o lilás e a prata são as cores ideais;

  • Já quem tem a pele neutra, pode “brincar” melhor com as cores e variar entre as opções das tonalidades quente e fria.

Ah! Uma lembrança importante: essas não são regras absolutas e não é porque você tem uma pele quente que não pode mais utilizar cores como o azul ou o prateado. A colorimetria existe para você conhecer o que favorece e realça a sua beleza, mas estar bem e confortável com o que você veste é o que precisa sempre ser levado em conta.